0
0

Blackout Cristiano Araújo

Tekst piosenki i chwyty na gitarę

  • Chwyty na gitarę floem
Eu G5seeeA5eeeeC5eei Cque eu G5não tenho maisA5 razões praC5 me preocuparC 
G5Eu A5sei que nãC5o sCei da G5sua nova A5vida se tem C5outro em meu Cluga
Me as depois daquele diDa que você não quis me ouva ir
Me deixando aqui jogCado sem motivos pra existe ir
Se ó no meio da semanDa eu ainda sobreva ivo
Mas na sexta madrugCada já começa o meu castGigo, castDigo

GE eu fico aqui sozDinho no meu quarto imagina ando onde você pCossa estar
TorcGendo por um blackD/F#out na cidade, que seu carro queba re na garagem
E que ninguém vCenha lhe buscar

GE assim eu vou traçDando a sua rota em minha ma ente
Assim meio impaciCente, sem certeza, sem radGar
Pedindo à Deus que mande D/F#uma tempestade
Que alague ta oda a cidade
Que você não sCaia do sofDá
Pra que ninguém roube o meu lGugara     C 
PrCa que ninguém roube o meu lGugar a     C 
PrCa que ninguém roube o meu lGugar a     C   e   

Me as depois daquele diDa que você não quis me ouva ir
Me deixando aqui jogCado sem motivos pra existe ir
Se ó no meio da semanDa eu ainda sobreva ivo
Mas na sexta madrugCada já começa o meu castGigo, castDigo

GE eu fico aqui sozDinho no meu quarto imagina ando onde você pCossa estar
TorcGendo por um blackD/F#out na cidade, que seu carro queba re na garagem
E que ninguém vCenha lhe buscar

GE assim eu vou traçDando a sua rota em minha ma ente
Assim meio impaciCente, sem certeza, sem radGar
Pedindo à Deus que mande D/F#uma tempestade
Que alague ta oda a cidade
Que você não sCaia do sofDá

GE eu fico aqui sozDinho no meu quarto imagina ando onde você pCossa estar
TorcGendo por um blackD/F#out na cidade, que seu carro queba re na garagem
E que ninguém vCenha lhe buscar

GE assim eu vou traçDando a sua rota em minha ma ente
Assim meio impaciCente, sem certeza, sem radGar
Pedindo à Deus que mande D/F#uma tempestade
Que alague ta oda a cidade
Que você não sCaia do sofDá

Pra que ninguém roube o meu luGgar  a     C 
PrCa que ninguém roube o meu lGugar a     C 
PrCa que ninguém roube o meu lGugar C   H   a     G 

Oceń to opracowanie
Kontrybucje:
floem
floem
anonim